Maranhão Agora -

PACO DO LUMIAR: VEREADOR DA “PITI” EM SESSÃO REMOTA DA CÂMARA MUNICIPAL DE PAÇO DO LUMIAR E PROTAGONIZA SHOW DE SOBERBA E DESLUMBRE

Foi com revolta e pesar que a população assistiu um vereador perdido na sessão remota da Câmara Municipal Luminense de hoje, 30 de março, o vereador calouro e inexperiente Rafael Neves deu um show de vitimismo que deixou pasmo todos os seus pares. Diante de um brilhante espetáculo os vereadores ficaram de queixo caído frente a tantos xingamentos que saíram da boca santa do vereador evangélico, cachorro e capacho foram alguns dos belos nomes que o vereador conseguiu desferir a servidores do município, não se sabe por que motivo tanta falta de respeito por quem trabalha de sol a sol.

Vice prefeito Inaldo Pereira, Chefe de Obras Roberto Soeiro e o Vereador calouro Rafael Neves deixando claro que o serviço na comunidade Novo Horizonte estava a contento.

De sol a sol sim, como o próprio vereador é testemunha, pois similarmente já fez imagens gargalhando de felicidade fazendo sinal de satisfação ao lado dos mesmos funcionários que agora ele despreza e ataca com palavras depreciativas.
Será que o nobre vereador sofre de bipolaridade, será que o nobre edil amarga algum quadro de desequilíbrio mental ou será só egoísmos mesmo?
Certo que o vereador sempre foi atendido em seus pleitos pela gestão da Prefeita Paula Azevedo de acordo com algumas testemunhas e informes que diariamente eram compartilhados em redes sociais como foi o caso da comunidade Novo Horizonte na Vila Cafeteira, mas de repente se volta e morde a mão que de pronto o atendeu, ficou mal acostumado? 
Dizem que o vereador quer exclusividade e não aceita que outros vereadores também sejam atendidos em suas demandas comunitárias, o que em tese tira de Rafael Neves o sentimento de posse das máquinas da prefeitura as quais ele acha que devem somente atendê-lo.
Talvez esse deslumbre seja por infantilidade ou mesmo amadorismo, pois não sabe se portar como um vereador de mandato, vem desrespeitando colegas de trabalho, funcionários que ele considera inferiores e excludentes de sua atual casta.
Só esquece o vereador que sua atual casta só dura 4 anos e não será desrespeitando e depreciando pessoas que ele vai ter a “sorte” de se reeleger.

INVESTIMENTO NO TURISMO CULTURAL LEVA AO FUTURO CENTRO DA CULTURA LUMINENSE.

Seguindo orientação da Prefeita Paula Azevedo o Secretario de Industria, Comercio e Turismo Diego Ricci, vem encampando uma batalha em busca de parcerias com seguimentos do Poder Público, Iniciativa Privada e Sociedade Organizada para dar suporte de ajuda, segurança, organização e toda a logística que puder ser empregada para benefício da sociedade em geral na área da Praça da Família, Rua da Cultura, futuramente a Praça da Juventude e adjacências localizadas no centro do Maiobão-PL.

Secretário Diego Ricci e equipe de coordenação da Praça da Família junto às Forças de Segurança Pública do Estado e do Município.

Secretário Diego Ricci e equipe de coordenação da Praça da Família junto às Forças de Segurança Pública do Estado e do Município.

Secretário Diego Ricci e equipe de coordenação da Praça da Família junto às Forças de Segurança Pública do Estado e do Município.
Prevendo em breve o grande bojo cultural e esportivo que poderá se tornar a Praça da Família com a aguardada adição da Rua da Cultura reurbanizada para tal fim e da Praça da Juventude que será toda recuperada, a Prefeita Paula pretende investir pesado no principal ativo turístico de Paco do Lumiar que é a cultura que está incrustrada dentro do nosso município, já que o mesmo é detentor das maiores manifestações culturais do Maranhão como é o caso por exemplo do Bumba Boi da Maioba, Pindoba, Iguaíba e outros todos com sede dentro do município de onde partem toda temporada junina para tomar os arraias do Maranhão e além.
Ontem, dia 25 de março, houve uma Reunião inicial no Convento da Av.04 do Maiobão para dar partida nas conversações em busca de parcerias com as forças de segurança pública, Policia Militar, Guarda Municipal e Bombeiros onde alguns assuntos como segurança, infraestrutura e apoio foram abordados. Várias ideias foram reconhecidas como essências para moralizar o ambiente com um bom aproveitamento do ponto de vista das forças de segurança que atuaram na área em questão.
É possível avançar em torno do bem comum e transformar o Centro da Cultura Luminense em um dos maiores celeiros culturais e turísticos do Maranhão. A prefeita Paula Azevedo está engajada em deixar para os luminenses a marca de sua gestão, apostando no investimento em esporte, lazer e cultura sem deixar de observar outros seguimentos do município, mas tentando trazer à tona o que Paço tem de melhor que é seu povo e sua manifestação cultural.

CRISE BANCARIA NO PAIS FOI DESENCADEADA: APERTEM OS CINTOS, TEM UM LOUCO NO PODER.

Todos os passos para se chegar à carta pública assinada por banqueiros, economistas e empresários pedindo ação enérgica do governo de Jair Bolsonaro para o controle da pandemia do novo coronavírus foram demarcados com cuidado. Os que assinaram o documento sabem o tamanho da repercussão que ele ganhou e o impacto político que terá.

A preocupação é com o país, não com Bolsonaro, ele ja está perdido.

Ao Blog, um dos banqueiros diz que não havia mais como se eximirem diante da gravidade da situação, com número recorde de mortes diárias — mais de 2 mil — e colapso do sistema de saúde em praticamente todos os estados e no Distrito Federal. “Estamos no limite. Não dá mais para ficar calado”, afirma.

 

No entender do banqueiro, “todos os que assinaram a carta, banqueiros ou não, o fizeram para expressar uma legítima preocupação com o gravíssimo momento de piora do quadro da pandemia”. E enfatiza: “É um grito de muitos que estavam até agora em silêncio”. O Palácio do Planalto viu a carta com muita irritação.

O objetivo ao tornar o documento público — mais de 500 pessoas de renome assinam a carta — é mostrar que a sociedade está assustada e exige providências. Se alguém hoje precisar de um hospital, seja público, seja privado, não haverá atendimento, pois todos os leitos estão lotados. O risco de se morrer na fila de espera aumentou muito.

 

Ação do governo deve ser rápida

 

Para todos que assinaram a carta pública, o governo federal precisa agir rapidamente. Se não houver vacinação em massa rapidamente, o número de mortes pela covid-19 aumentará substancialmente e o Brasil tende a mergulhar numa profunda recessão, com mais desemprego e aumento da pobreza.

 

“Estamos no limiar de uma fase explosiva da pandemia e é fundamental que a partir de agora as políticas públicas sejam alicerçadas em dados, informações confiáveis e evidência científica. Não há mais tempo para perder em debates estéreis e notícias falsas. Precisamos nos guiar pelas experiências bem-sucedidas, por ações de baixo custo e alto impacto, por iniciativas que possam reverter de fato a situação sem precedentes que o país vive”, assinalam, na carta.

Sem citar Bolsonaro, ressaltam: “O desdenho à ciência, o apelo a tratamentos sem evidência de eficácia, o estímulo à aglomeração e o flerte com o movimento antivacina, caracterizou a liderança política maior no país. Essa postura reforça normas antissociais, dificulta a adesão da população a comportamentos responsáveis, amplia o número de infectados e de óbitos, aumenta custos que o país incorre”. Neste domingo (21/03), o presidente da República voltou a atacar medidas restritivas para conter a disseminação do novo coronavírus em festa na porta do Palácio da Alvorada em comemoração a seu aniversário.

 

Nos cálculos dos economistas, “a consequente redução da atividade pela demora em adotar políticas públicas mais adequadas custou uma perda tributária de R$ 58 bilhões só no âmbito federal, enquanto o atraso da vacinação irá custar R$ 131,4 bilhões aos cofres públicos em 2021 em termos de produto ou renda não gerada e supondo uma recuperação retardatária em dois trimestres”.

O manifesto público se encerra de forma contundente: “O país pode se sair melhor se perseguimos uma agenda responsável. O país tem pressa; o país quer seriedade com a coisa pública; o país está cansado de ideias fora do lugar, palavras inconsequentes, ações erradas ou tardias. O Brasil exige respeito”.

Fonte: blog do Vicente

BRK MAIS UMA VEZ NEGLIGENCIA MILHARES DE CLIENTES EM PAÇO DO LUMIAR.

A eviltante canadense BRK é conhecida popularmente pela alcunha depreciativa “BRKava” em Paço do Lumiar e São José de Ribamar, a titulatura é devido às constantes, numerosas, frequentes, repetidas e obstinadas intervenções na rede de abastecimento que requerem grandes escavações prejudicando a malha asfáltica dos municipios em questão entre outros problemas, deixando para trás um  péssimo trabalho de recuperação do asfalto, “quando deixa né”, como se não devesse um reparo de excelência no que destruiu o que logo desmorona proporcionando prejuízos ao erário público e a população em si.
Ocorre que a “BRKava”, não! digo, BRK vem terceirizando seus serviços de manutenção da rede desde o início do contrato danoso feito na época do Prefeito Josemar Sobreiro que deixou essa herança maldita para o povo de Paço do Lumiar, então, sempre que a BRKava troca suas terceirizadas, as novas empresas na ânsia de mostrar merecimento pelo gordo contrato celebrado com a grande multinacional, crivam de buracos repetidamente todos os pontos que foram aplicadas intervenções anteriormente por outras empresas terceirizadas. Este ano “até parece deboche”, mas  o período chuvoso foi a época ideal para a BRK reiniciar suas proezas, o que não  é nenhuma novidade, só que ultimamente a BRK passou todo o período da estiagem das chuvas sem fazer aparentemente grandes atividades nesse sentido, mas foi só a chuva começar que a BRKava ja foi cavar de novo, e todos pensando que já era a redenção da BRK… ledo engano, “oh furo!”

Por causa desse comportamento destrutivo nos municípios por parte da BRK é que a empresa configura entre as três primeiras no ranking de reclamações de 2020 do PROCON-MA perdendo apenas para as campeãs “OI e Pitágoras”, (chupa essa manga luminense), mas não é apenas isso que faz parte do arcabouço da incompetência desta canadense. Por diversas vezes durante suas intervenções na rede de abastecimento a famigerada BRK simplesmente se nega a avisar com antecedência aos seus clientes que o abastecimento será interrompido deixando todos a ver navios no deserto e sem nenhuma satisfação.

)

Prefeito Domingos Dutra (PCdoB) em audiência ouvindo as reclamações das pessoas à época — Foto: Francisco Colombo (CCOM-MPMA)

A exemplo do dia de hoje, 16 de Março 2021, mais uma vez bairros como o Maiobão em Paço do Lumiar tiveram seu abastecimento negligenciado durante todo dia. A empresa simplesmente sem aviso algum suspendeu o abastecimento de água para inúmeras residências.
É inacreditável que mesmo diante de tantas denúncias, mesmo depois de diversas vezes ter que encarar os tribunais por variados motivos a canadense não consegue se alinhar e nem mesmo cumprir com obrigações básicas desrespeitando toda a sociedade luminense e ribamarense vez ou outra, contumaz e impunemente vai se esquivando da frágil justiça maranhense que parece não ter força diante da grande multinacional como ficou claro em decisões dos tribunais num passado não tão distante.

Fora tudo isso existem questões contratuais que rezam a construção de novas e eficientes ET’S (Estações de Tratamento de Esgoto) que nunca saíram do papel… mas isso é questão que debatermos em outra oportunidade.

PREFEITA DE PAÇO DO LUMIAR DETERMINA QUE EQUIPES DA SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA SE EMPENHEM NA RECUPERAÇÃO DE ESTRADAS, RUAS E AVENIDAS DO MUNICÍPIO.

Na madrugada, manhã e parte da tarde de ontem 15, toda a Ilha de Upaon-Açu padeceu com o temporal que se precipitou sobre seus quatro municípios, horas de aflição passaram moradores em alguns pontos inclusive os municípios que circundam a capital São Luís-MA.

 

Como não poderia ser diferente, em Paço do Lumiar houveram muitos estragos e prejuízos causados pelo temporal, mas o que chamou a atenção foi que mesmo antes do fim do “pé-d’água”, ainda nas primeiras horas da manhã de ontem, a Prefeita do município, Paula Azevedo, de imediato  determinou que equipes da Secretaria de Infraestrutura liderada pelo Secretário Walburg Neto, estivessem em atividade emergêncial nos pontos atingidos com maior intensidade pela intempérie, comum nessa época do ano em todo o Maranhão.

Mesmo diante das dificuldades as equipes entraram no trecho com todo o suporte disponibilizado pela prefeitura para encarar os problemas, com isso, conseguiram amortizar várias situações adversas causadas pelo aguaceiro, com muito trabalho ainda a ser feito e o pouco tempo durante o dia de ontem, as atividades foram suspensas às 20h00 e serão retomados na manhã de hoje 16, garante o Chefe de Obras do município Roberto Soeiro responsável pelas equipes.