Maranhão Agora - Blog Maranhão Agora

PAÇO DO LUMIAR: GRUPO PAULA AZEVEDO RECEBE A CARAVANA DE CARLOS BRANDÃO E FLÁVIO DINO E SÃO RECEPCIONADO POR UMA MULTIDÃO EM PAÇO DO LUMIAR

Paula Azevedo arrasta multidão na caravana de Flávio Dino e Carlos Brandão 

 

Publicação: 29 de junho de 2022

 

Com mais de 5.000 pessoas presentes, o evento da Caravana “O Maranhão Não Pode Parar“, em apoio ao grupo político de Flávio Dino e Carlos Brandão, não apenas lotou a Quadra Poliesportiva da Faculdade IESF, no Maiobão, mas também reuniu lideranças de todas as regiões de Paço do Lumiar para demonstrar a força política do grupo da prefeita Paula Azevedo(PCdoB), e para lembrar e agradecer pelas obras entregues no município durante o Governo Flávio Dino(PSB) e Carlos Brandão(PSB), que mudaram a história de muita gente, como a pavimentação da Estrada Pindoba-Iguaíba e a reforma da UPA do Maiobão, que completou 2 anos de inauguração nesta terça-feira(28).

 

 

O próprio Flávio Dino destacou durante sua fala, que Paula buscou o governo estadual desde o começo e essa parceria rendeu frutos como a Maternidade do Maiobão, inaugurada junto com os portos do Timbuba, Mojó e Mocajutuba, durante o aniversário de Paço do Lumiar, em 14 de Janeiro deste ano, ainda durante a gestão Flávio Dino, isso tudo sem falar da Avenida 02 do Residencial Pirâmide, que também era um sonho antigo dos luminenses e raposenses. Com essa parceria, Paço do Lumiar hoje cumpre o maior cronograma de pavimentação de ruas em asfalto e bloquetes da história do município, resultado também de emendas parlamentares e obras realizadas através de solicitações apresentadas ao ex-secretário de estado das cidades e deputado federal, Márcio Jerry(PCdoB), ao deputado federal, Bira do Pindaré(PSB) e pela atuação do deputado estadual, Pará Figueiredo(PSL), todos presentes no evento. Durante o ato político desta terça-feira, o Governador Carlos Brandão(PSB) foi representado pelo vice da chapa ao Governo do Estado, Felipe Camarão(PT), acompanhado dos deputados federais, Márcio Jerry(PCdoB) e Bira do Pindaré(PSB), o Deputado Estadual Pará Figueiredo(PSL) e o pré-candidato a Deputado Estadual, Rodrigo Lago(PSB) também partiram desse momento.

 

Flávio Dino explicou:”A Paula é assim, uma mulher simples, mas que também é valente e sabe trabalhar, isso gera confiança e abre as portas para que esses projetos se tornem realidade. Eu confio na Paula e sei da credibilidade dessa equipe maravilhosa que a segue, por isso, no que depender de mim e de Carlos Brandão, Paço do Lumiar sempre terá obras e parcerias porque nós sabemos que o município está em boas mãos”, disse ele.

 

Enquanto Paula mostra resultados, seus opositores tentam a qualquer custo demonstrar que estão fechados com o Time de Brandão, Dino e Lula, mas se afogam em denúncias de fraudes em concursos, títulos de propriedades distribuídos irregularmente e outras denúncias. Na noite de ontem o outro lado até tentou, mas foi completamente ofuscado pela mobilização promovida pela prefeita.

Em seu discurso, Felipe Camarão, enfatizou que Paula Azevedo foi quem protagonizou a parceria com o Governo do Estado: “A prefeita Paula Azevedo representou Paço do Lumiar nessa parceria com o Governo do Estado, nos procurou e pediu o que era preciso, hoje o município tem ruas pavimentadas, projetos dando certo, porque ela nos mostrou o que era necessário fazer e nós retribuímos esse pedido”. Disse ele.

 

A prefeita Paula Azevedo, agradeceu a presença das lideranças políticas no evento:”Quero agradecer aos nossos líderes comunitários, e moradores que estão de parabéns pela presença. Também me sinto feliz, pois temos grandes amizades, não só com o Flávio Dino e o Brandão, mas também nossos deputados federais Márcio Jerry e Bira do Pindaré, que já nos garantiram muitas obras e recursos, nosso querido Rodrigo Lago, que trabalhou muito pela nossa agricultura durante sua passagem pela SAF, e claro, não posso deixar de falar do nosso querido deputado estadual, Pará Figueiredo, que também nos destinou emendas parlamentares e eu sei que vai fortalecer ainda mais o nosso grupo, que vai ficar melhor com Lula Presidente; Flávio Dino, Senador; e Carlos Brandão no Governo, assim o Maranhão não para e Paço do Lumiar avança como nunca”, concluiu a prefeita.

SUPOSTA FRAUDE EM CONCURSO PÚBLICO: MP QUER RESCISÃO DE CONTRATO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA COM FUNDAÇÃO QUE FRAUDOU CONCURSO PÚBLICO

Presidente da Assembleia Legislativa 

 

Publicação: 27 de junho de 2022

 

O Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, ainda não se pronunciou sobre a orientação do Ministério Público que pediu a rescisão do contrato com a Fundação CEPERJ, acusada de fazer um concurso público para aquele poder, com fortes características de fraude. Denunciado pelo deputado Yglésio Moyses, o concurso teve sua primeira etapa anulada pela suspeita de fraude por causa das falhas visíveis nas provas. O Ministério Público do Maranhão orientou ao presidente para que todo o concurso seja anulado, mas o deputado Othelino, ao que parece, não tomou conhecimento por causas das andanças juninas.

 

 

Em caso de não acatar o pedido, o MP pode ingressar com uma ação contra o presidente por Improbidade Administrativa, o que não seria um bom negócio para quem disputa a reeleição do mandato.

 

 

Fonte: Luís Cardoso 

PAÇO DO LUMIAR-MA: O EX CANDIDATO DERROTADO NAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES DE PAÇO DO LUMIAR FRED CAMPOS É CONDENADO NO TRE E FICA INELEGÍVEL POR 8 ANOS

Ex Candidato Fred Campos derrotado nas últimas eleições fica inelegível por 8 anos

 

Publicação: 23 de junho de 2022

 

Ao que tudo indica o senhor Frederico de Abreu Silva Campos, FRED CAMPOS, achou errado quando decidiu usar das mais diversas artimanhas políticas em Paço do Lumiar-MA, numa sanha insana de conquistar do poder público municipal desta cidade.

 

A justiça tarda mais não falha, o dito cujo no dia de hoje viu a maior ambição de sua existência, seu objeto de desejo, o motivo de cada sopro de vida que ele possui no corpo ir por água a baixo.

 

Conduzido pela ganância, ou embevecido por ela, fazendo-o pensar ser mais inteligente, engenhoso e capaz na busca por seu objetivo deixou claro desde sempre que jogaria sujo para ter seu capricho realizado, se enrolou todo, cego, mas achando que ter dinheiro lhe traria poder, deixou para trás uma série de mal feitos que agora batem a sua porta.

 

 

Fred Campos está inelegível durante oito anos por abuso de poder econômico, quando na ocasião tentou se valer da crise econômica e pandêmica para aproveitar-se da insegurança alimentar do povo, que já naquela época, sofria com cortes severos nas políticas públicas do governo federal.

 

 

Fred Campos percebendo a necessidade e o clamor do povo luminense, se aproveitou do momento de fragilidade para tentar ganhar votos distribuindo massivamente bandecos, sardinhas, cestas básicas, títulos de terra e etc…, em troca de apoio político (votos), pôs tudo se passou durante as eleições municipais em 2020. Detalhado todos os atos nos autos do processo o juiz José Carlos Roberto Gomes em uma sentença bem fundamentada condenou os réus a 8 anos fora das disputas políticas em território nacional.

 

Veja a aqui a sentença dada pelo o TRE

 

w265lcOIUcS0TNK26p5Jm1Bmlat9C23qiSuzkcN1 (5)

 

 

 

 

CONCURSO DA ALEMA SUSPEITO DE FRAUDE: O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA OTHELINO DECIDE ANULAR PRIMEIRA ETAPA DO CONCURSO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Presidente da assembleia othelino Neto

 

Publicação: 20 de junho de 2022

 

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB) decidiu anular a primeira etapa do Concurso da Assembleia Legislativa.

 

“Em razão dos registros e denúncias de falhas de execução, fiscalização e segurança na aplicação da prova objetiva, bem como pela correta interpretação sobre a LGPD, quando da divulgação do Resultado Preliminar, decidi anular a primeira etapa do Concurso da Assembleia Legislativa”, afirmou.

 

A íntegra da resolução está no site da Assembleia.

 

“Nosso compromisso é com a transparência e a absoluta lisura de todos e quaisquer atos de gestão do Poder Legislativo”, disse Othelino.

 

 

O próprio chefe do Legislativo maranhense pediu formalmente ao Ministério Público que investigasse irregularidades no concurso público realizado para o provimento de cargos no Parlamento e garantiu que, na hipótese de se confirmarem as denúncias, não hesitaria em tomar as providências legais.

 

(Jhon Cutrim)

FRAUDE EM CONCURSO PÚBLICO: MINISTÉRIO PÚBLICO DO MARANHÃO INVESTIGA VAZAMENTO DE GABARITO E USO DE CELULARES EM CONCURSO PÚBLICO NO MARANHÃO

MPMA investiga concurso público da ALEMA

 

Publicação: 19 de junho de 2022

 

Após o registro, na Ouvidoria do Ministério Público do Maranhão, de denúncias de candidatos narrando falhas na fiscalização das provas, irregularidades na publicidade do certame, vazamento de gabarito preliminar, utilização ilegal de celulares, suposta corrupção da entidade executora do concurso público da Assembleia Legislativa do Maranhão, além de provas e embalagens sem lacre, a 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa de São Luís instaurou investigação sobre o caso.

O Ministério Público do Maranhão encaminhou ofício nesta sexta-feira, 17, ao deputado estadual Yglésio Moyses solicitando que indique local, dia e hora, considerando as prerrogativas funcionais dele, para prestar esclarecimentos sobre as denúncias de fraude no concurso para seleção de servidores da Assembleia Legislativa do Maranhão.

 

O objetivo é colher informações a fim de embasar as investigações já iniciadas no dia 26 de maio, com instauração de Notícia de Fato pela 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa. O presidente da Poder Legislativo estadual, Othelino Neto, solicitou, na última quarta-feira, 15 de junho, por meio de ofício, providências para apurar as denúncias.

INVESTIGAÇÃO

 

A Notícia de Fato foi instaurada, em 26 de maio, pelo promotor de justiça Marcos Valentim Pinheiro Paixão. Em 2 de junho, por iniciativa do procurador-geral de justiça Eduardo Nicolau, os titulares da 2ª e 3ª Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa de São Luís, João Leonardo Sousa Pires Leal e Adélia Maria Souza Rodrigues Martins, respectivamente, foram designados para atuar conjuntamente com o titular da 1ª Promotoria de Justiça.

Em 6 de junho, o MPMA emitiu Recomendação ao presidente da Comissão de Concurso da Assembleia Legislativa do Maranhão, Eduardo Pinheiro Ribeiro, destacando que o resultado preliminar da prova objetiva foi publicado sem a indicação dos nomes dos candidatos aprovados, com a referência somente ao número de inscrição de cada um.

No documento, os três promotores destacaram a obrigação de transparência do concurso. “A lista de aprovados sem a indicação dos nomes dos candidatos, referenciando apenas o número de inscrição de cada um, afronta o princípio da publicidade, vez que impossibilita a verificação, pelos interessados, da observância à ordem de classificação quando da convocação, essencial para a manutenção da idoneidade do concurso público”.

O Ministério Público recomendou que as divulgações dos resultados de todas as fases do certame sejam publicadas com os nomes de todos os candidatos aprovados e respectivas notas. Também foi recomendada a publicação de listas separadas, diferenciando os candidatos às vagas de ampla concorrência e as reservadas aos negros e pessoas com deficiência.

INFORMAÇÕES

 

No dia 26 de maio, o MPMA encaminhou ofício ao presidente do Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (CEPERJ), Gabriel Lopes, instituição responsável pela aplicação das provas, solicitando esclarecimentos sobre as denúncias. Como não obteve retorno, o Ministério Público encaminhou novo ofício, em 7 de junho, concedendo 10 dias de prazo à CEPERJ para prestar as informações.

Em 31 de maio, a Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa oficiou ao presidente da Comissão de Acompanhamento do Concurso da Assembleia Legislativa, Eduardo Pinheiro Ribeiro, solicitando esclarecimentos sobre as denúncias.

Assessoria MPMA